Acessibilidade

Wilson Lima discute futuras parcerias com embaixador da Colômbia no Brasil

Wilson Lima discute futuras parcerias com embaixador da Colômbia no Brasil

Economia, segurança, cultura e imigração foram os assuntos discutidos na reunião entre o governador e o embaixador nesta terça-feira (30/07), em Brasília.

Reforçar as ações na região de fronteira e combater o tráfico internacional de drogas estão entre as prioridades na relação Brasil e Colômbia e foram alguns dos assuntos discutidos pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e o embaixador da Colômbia no Brasil, Dario Alonso Montoya Mejía, em Brasília, nesta terça-feira (30/07).

“Queremos estreitar a relação e entendemos que precisamos unificar as forças para combater o tráfico internacional de drogas e outros ilícitos que ocorrem na região de fronteira”, disse o governador Wilson Lima.
Wilson Lima e o embaixador concordaram em tentar promover um encontro do presidente Jair Bolsonaro com o presidente colombiano, Iván Duque, na fronteira do Amazonas com a Colômbia, onde ficam as cidades de Tabatinga, e Letícia no Amazonas Colombiano.

“Será um grande encontro e muito importante para os dois países”, disse o embaixador, que gravou um vídeo com o governador Wilson Lima para levar até o presidente colombiano.

O governador também tratou de assuntos econômicos com o embaixador. A Colômbia é o terceiro país que mais importou motocicletas do polo industrial de Manaus nos seis primeiros meses deste ano, segundo o último levantamento feito pela Abraciclo – A Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

“A Colômbia consome as motocicletas produzidas no Polo Industrial, assim como outros produtos, temos que estreitar essa relação comercial. Existem empresários colombianos interessados em investir no Amazonas, assim como amazonenses já investindo na Colômbia. É uma relação que tende a crescer”, afirmou Wilson Lima.

Eles ainda trataram de ações culturais, diante do interesse da Colômbia em realizar atividades no Amazonas e conversaram sobre a imigração de venezuelanos para os dois países. Assim como Manaus, cidades colombianas recebem imigrantes venezuelanos que fogem da crise no país vizinho.